Sucré Patisserie - Cronut



Receita: Massa folhada com recheio de Nutella e cobertura de doce de leite
Valor: 9 reais/unidade
Acompanhamento: Não



Experiência: 5 estrelas




O lançamento do Cronut da Sucré Patisserie foi num sábado de tardinha pra noite, com um evento simpático e lilás (cor do logotipo), no estacionamento da sua sede 'sul', em Fortaleza. Bem naquele horário em que você tá de bobeira no finde e ainda não tem a balada definida. O momento ideal pra fazer aquela gordice de fim de semana, já prometendo entrar/recomeçar a dieta na segunda (quem nunca?)

Chegamos assim que o evento começou, às 17h, e já tava lotadinho, quase não conseguimos sentar. No espaço tinha uma DJ tocando, mesinhas e pallets acolchoados e um trailer onde a gente pedia o combo do dia: coxinha + refi + o cronut por R$25.

Todo mundo bem simpático, tudo bem rápido e prático, como deve ser um evento desse tipo.
Mas vamos aos Cronuts?



A escolha: Cronut Sucré



'Multiplica SEM OR' 


Mas o que seria um cronut?


É uma criação original do chefe Dominique Ansel, pasteleiro francês que mora em Nova Iorque e tem um estabelecimento que leva seu nome em Spring Street, Manhattan. Os cronuts são feitos de massa folhada (igual ao croissant) e por fora parecem um donut, por sua forma de aro.
Eles são fritos em óleo e cobertos com açúcar, levando ainda um recheio e a cobertura glacé.

Ah, e viraram uma verdadeira febre por lá! O negócio foi tão louco, que três dias após o seu lançamento (em 2013), mais de cem pessoas formavam uma mega fila na porta da pastelaria, com apenas 4 funcionários na época. E com o passar dos dias, essa fila foi só crescendo e crescendo...

A casa em NY produz apenas 350 por dia, com preço de 5 dólares a unidade e só é vendido 2 cronuts por pessoa, para evitar o 'mercado negro': já estavam comprando em quantidade pra revender por até 100 dólares!!! Já pensou? 350 reais por um quitute?
Eles já foram até tema de um famoso seriado de comédia dos EUA, 2 Broke Girls.


Cena com o 'traficante' de cronuts no seriado 2 Broke Girls

A versão que a Lia Quinderé (chef da Sucré) criou foi com recheio de Nutella e cobertura de doce de leite. Confesso que não sou muito fã de donut e fui meio que esperando apenas uma coisa OK, mas na primeira mordida me surpreendi: uma explosão calórica deliciosa!

A massa é super folheada, a combinação do recheio com a cobertura ficou bacaníssima, senti um leve toque de canela na medida certa que deixou tudo em perfeita harmonia. Só me sujei todo ao comer com a mão. Tinham disponibilizado luvas, mas antes da primeira mordida não imaginei que iria causar tanta meladeira. haha

Eles foram servidos no evento dentro de uma embalagem personalizada, meio tulipa, meio paleta de pintura (aquarela), com uma bandeirola com a hashtag #Sucrelovers. Tudo muito bem cuidado!



Não tenho nada negativo pra comentar. Aliás, tenho sim: o tamanho dos cronuts. Deu vontade de voltar ao trailer e pedir mais uma porção deles... XD

Fiquei sabendo que teremos outras opções de recheios nas lojas da Sucré.
Estarei por lá provando todos, claaaro!







Sucré Patisserie


Nunes Valente 1310
Virgílio Távora 284
República da Armênia 920
Fortaleza/CE

Facebook | Instagram

http://www.sucre.com.br/

você também vai gostar:

Resenhas
Comentários
0 Comentários

Somos apaixonados por locais, sabores, aromas, formas e cores.

Tem alguma crítica ou sugestão? Algo que queira falar para a equipe do Confesso que Fui?

Manda um e-mail que responderemos assim que possível!


confessoquefui@outlook.com