Os 10 vencedores do Concurso de Fotografia National Geographic Traveler 2015

Quem ama viajar geralmente adora tirar mil fotos, não é verdade? A diferença é que tem gente que tira tudo fora de ângulo e/ou repetitivo (esses fazem questão de postar um álbum no Facebook com 13409506 fotos haha) e tem uns feras por aí que se dedicam a capturar o que há de mais irado em cada local.
Todo ano, o National Geographic faz um concurso de fotografia para os viajantes: o National Geographic Traveler Photo Contest, que está em seu ano 27, e tanto fotógrafos amadores quanto profissionais são elegíveis para enviar fotos.
Nesse ano, foram enviadas mais de 17.000 fotos do mundo todo!

Anuar Patjane Floriuk ganhou o primeiro prêmio com sua imagem subaquática (e linda) que ele conseguiu eternizar, de mergulhadores nadando perto de uma baleia jubarte nos arredores de Roca Partida, uma ilha do México. Olha só que coisa incrível:


"A foto não foi planejada", disse Floriuk. "Eu estava tirando fotos perto da cabeça da baleia, e, de repente, ela começou a nadar em direção ao resto da equipe de mergulho. Eu só cliquei no momento em que o fluxo e a composição pareciam certos".

Veja os outras fotos vencedoras do prêmio (cada uma mais legal que a outra):

2 - Foto por: Faisal Azim



Três trabalhadores de cascalho estão olhando através do vidro de uma janela no seu local de trabalho. Chittagong, Bangladesh.

3 - Foto por: Ahmed Al Toqi



Camel Ardah, como é chamado em Omã, é um dos estilos tradicionais de corridas de camelo entre dois camelos controladas por homens experientes.

4 - por: Beth McCarley



A noite antes de voltar para Windhoek, passamos várias horas em Deadvlei. A lua estava brilhante o suficiente para iluminar as dunas de areia na distância, mas o céu ainda estava escuro o suficiente para ver claramente a Via Láctea.

5 - Foto por: Sarah Wouters



Dois meninos estão tentando pegar um pato no córrego da cachoeira. Nong Khai Province, Tailândia.

6 - Foto por: Eduard Gutescu



Romênia, terra dos contos de fadas <3

7 - Foto por: Bartłomiej Jurecki



A prática da fenação tradicional na Polônia.

8 - Foto por: Stefane Berube



Na noite antes de esta foto, tentamos todos a todo custo obter uma boa foto do rinoceronte branco ameaçado de extinção, mas sem sucesso. Na parte da manhã, no entanto, eu acordei com três rinocerontes pastando na minha frente. Ziwa Rhino Sanctuary, Uganda.

9 - Foto por: Alain Schroeder



Kushti é a forma tradicional de luta livre indiana. Vestindo apenas uma tanga bem ajustada, os lutadores entram em uma cova feita de barro, muitas vezes misturada com sal, limão e ghee. No final de um treino, os lutadores estão junto às paredes da arena, cobrindo suas cabeças e corpos com terra para absorver qualquer suor e evitar pegar um resfriado.

1 0 - Foto por:  Stefano Zardini



A sauna a 2.800 metros de altura no coração de Dolomitas. Monte Lagazuoi, Cortina, orientais Alpes italianos.

você também vai gostar:

Pelo Mundo
Comentários
0 Comentários

Somos apaixonados por locais, sabores, aromas, formas e cores.

Tem alguma crítica ou sugestão? Algo que queira falar para a equipe do Confesso que Fui?

Manda um e-mail que responderemos assim que possível!


confessoquefui@outlook.com